Mulher de fases

Conhecido pelo Dia Internacional da Mulher, março também é o mês mundial da conscientização da endometriose. A doença acomete cerca de seis milhões de mulheres no Brasil (Fonte: Associação Brasileira de Endometriose) e pode estar relacionada com a saúde bucal. É o que indica o estudo publicado na revista "Fertility and Sterility", que sugere que mulheres com endometriose possuem 57% mais chance de ter gengivite e periodontite. 

De acordo com o mesmo estudo, a maioria das pacientes com endometriose desconhece as alterações odontológicas e não se dá conta do problema, o que pode implicar não só no agravamento de questões estéticas, mas acarretar na perda de dentes e sérios riscos à saúde sistêmica.

Mesmo as mulheres que não sofrem com a doença precisam ficar atentas às alterações hormonais e suas relações com a saúde bucal. Essas variações, presentes nas diversas fases da vida, podem impactar e ser diretamente afetadas por algumas doenças presentes no organismo, tais como diabetes e ovários policísticos.

Durante a transição para a pré-adolescência, a alteração da produção hormonal aumenta a predisposição para o surgimento da placa bacteriana, cálculo dentário e cáries. Já no período gestacional, também por influência hormonal, o percentual de ocorrências de gengivite é alto e acende o alerta para as futuras mamães, já que infecções gengivais podem comprometer a saúde do bebê, refletindo em nascimentos prematuros e acarretando no baixo peso do recém-nascido.

Já na menopausa, a síndrome da boca seca, alteração de paladar, ardência bucal e lingual e mudança de cor da gengiva podem ser notadas pelas mulheres. A doença periodontal também tende a agravar nesta etapa da vida, aumentando a perda óssea ao redor dos dentes, devido à diminuição da densidade óssea e aumento da porosidade dos ossos.

Em todos os casos e fases da vida, além de investir na higienização bucal completa, é fundamental realizar visitas frequentes ao dentista e ao especialista médico para que juntos estes possam analisar cada caso de forma integrada, sempre presando pela saúde da paciente.